Itens na sacola 0
Produto
Subtotal
Consultar frete
Total
R$ 0,00
O CARRINHO DE COMPRAS ESTÁ VAZIO.
Entregas em Todo o Brasil

Primavera

Próximo às 6h... 7h despertamos, e é iniciado o período Kapha da manhã, o Kapha (terra e água) é responsável em nossa vida pela estrutura, contentamento, lubrificação e nutrição, ele em sua sublimação dá origem a OJAS que é a suprema nutrição, imunidade, resistência e o poder da vida. Kapha tem as seguintes características: pesado, pegajoso, denso, frio e lento. Não é mera coincidência sentir letargia, peso, cansaço ou demorar a pegar no embalo se passarmos das 8h na cama, pois por causa desses atributos esses são os sintomas quando Kapha se desequilibra.

É dito que é muito saudável acordar antes ou ao nascer do Sol, nesse momento a mente está mais fresca, aberta e calma, então depois da sua higiene pessoal reserve um tempo para se nutrir de bons pensamentos e de boas práticas matinais, incluindo meditação, exercícios e a organização o dia, nesse período é quando o corpo depois de um longo período de descanso e jejum está mais disponível para receber nutrientes e tônicos, então quando se quer fazer terapias de tonificação ou rejuvenescimento os horários Kaphas são os indicados para aumentar OJAS.


Às 10.. 10:30? o Sol começa a ficar no seu auge, é o período Pitta, nesse momento estamos plenamente despertos, com fome e mais encalorados, o pico do horário Pitta é por volta das 12h e justamente o melhor horário para o almoço, pois Pitta (fogo e água) que é responsável pela força metabólica e tem características: oleosa, leve, móvel, penetrante e quente está em seu máximo;


Pela tarde, segue o período de Vata (ar e espaço), responsável por todo movimento e expressão, depois das 14h estamos no auge de nossa criatividade e produtividade, Vata tem as características: muito leve, muito móvel, seco, áspero e frio, lá pelas 16h é sempre bom dar uma pausa e tomar um chá quentinho, nesse momento o dia está virando noite e a temperatura tende a cair um pouco, mudanças e movimentos agravam Vata, pessoas com essa energia em predominância, como pensadores agitados, costumam ter excesso de ar circulando pelo corpo, gerando crises de gases, cansaço e até tonturas, esses sintomas tendem a melhorar quando inicia-se o segundo ciclo, o noturno.


Com a chegada da noite, às 18h, o corpo começa a retomar as qualidades de Kapha, os gases magicamente somem, a mente fica mais tranquila e relaxada, esse é o grande momento da vida social, de curtir a família e os amigos, é recomendado fazer uma refeição leve, e começar depois das 20:30h o ritual de finalizar o dia.


O período Pitta noturno começa à partir das 22h, essa deve ser a hora de ir para a cama dormir, o Pitta que é responsável pelo metabolismo no nosso corpo é menos intenso que o do meio dia, o Pitta noturno serve para recompor as energias, enzimas, sistema hormonal, reconstruir os tecidos e, principalmente digerir as idéias, sensações e emoções do dia. A sublimação de Pitta no nosso organismo promove TEJAS, que é nossa inteligência mental e sistêmica, e clareza nos pensamentos.


Repare que se passamos das 00h acordados é comum sentir fome novamente, esse é o sintoma que seu Pitta está sendo usado de forma errada, pois ao invés dele fazer o metabolismo sutil, que é o natural da noite, ele ainda está fazendo o metabolismo digestivo, é importante saber que algumas enzimas e hormônios só agem no escuro ou quando estamos dormindo.


Na madrugada é o horário de Vata, onde deveríamos estar em sono profundo, sonhando, de deixando nosso corpo repousar para um novo dia, Vata produz em sua sublimação PRANA, que é a própria energia vital.


NOTA-SE: que as funções dos doshas durante o correr do dia são mais físicas e mecânicas e ao anoitecer até o amanhecer são de natureza mais sutil e sistêmica.


Da mesma forma, a natureza apresenta os seus ciclos sazonais.


O Ayurveda tem métodos muito inteligentes e simples para cada ciclo, para nossa rotina diária (dinacharya) e para as estações do ano (ritucharya).


Esses métodos seguem uma série de recomendações sobre estilo de vida como: alimentação e ervas a serem consumidas, o uso de adornos e cores, do tipo de limpeza e até do nível energético que se deve gastar ou poupar em determinada estação... lembrando sempre que as qualidades (gunas) de cada estação, alimento e fatores externos em geral influenciam diretamente em nossa constituição (doshas), por isso devemos nos adaptar às estações e horários.
 


Mas o mais importante, é termos como bússola as condições climáticas em que nos encontramos, independente da época ou estação do ano. Um dia frio e seco agrava Vata, um dia quente e úmido agrava Pitta, e um dia nublado e frio agrava Kapha, independente da estação que esteja.
Quando estamos em equilíbrio e atentos, nossos corpos naturalmente seguem esse ritmo da natureza. Não tem misticismo nisso, o Ayurveda trata de estilo de vida e do equilíbrio e integração dos elementos (mahabuthas= terra, água, fogo, ar e espaço), é como se fosse um manual da vida, e faz esse convite para que possamos ser plenos em nossos talentos, vivendo cada estação, integrando os ciclos naturais, onde dentro de mim amanheço e anoiteço, onde me recolho e me nutro no inverno e floreio fértil na primavera, assim como os pássaros e as flores.

Para aproveitar melhor o que cada estação tem a oferecer te convido a ler nossos artigos sobre Estações.

Tecnologia iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtualPlataforma de E-commerce